Histórico da empresa

Como a Akamai começou

As origens da Akamai remontam a um desafio imposto pelo inventor da World Wide Web, Tim Berners-Lee, no MIT (Massachusetts Institute of Technology, Instituto de Tecnologia de Massachusetts) no início de 1995. O pai da Web previu o congestionamento que em breve deveria se tornaria muito conhecido pelos usuários da Internet e desafiou seus colegas de trabalho do MIT a inventar uma maneira fundamentalmente nova e melhor de entregar conteúdo da Internet. O que ele pode não ter previsto foi que impor o problema em um cenário acadêmico poderia resultar, em última instância, em um serviço comercial que revolucionou a Internet.

O Professor de Matemática Aplicada do MIT, Tom Leighton, que tinha um escritório embaixo da sala do Dr. Berners-Lee, ficou intrigado com o desafio. O Dr. Leighton, um renomado especialista em algoritmos paralelos e arquitetura foi chefe do Grupo de algoritmos do Laboratório de Ciências da Computação do MIT. Dr. Leighton reconheceu que uma solução para o congestionamento da Web poderia ser encontrada na matemática aplicada e em algoritmos, e reuniu uma equipe de pesquisadores para enfrentar o problema.

Depois de obter o seu bacharelado em ciência da computação e em matemática no Technion, Danny Lewin veio para o MIT no outono de 1996 para trabalhar com o Dr. Leighton. Logo depois, o Sr. Lewin começou a fazer um rápido e importante progresso em diversas técnicas para melhorar o desempenho da Internet. Trabalhando com a equipe, o Dr. Leighton e o Sr. Lewin desenvolveram os algoritmos matemáticos necessários para direcionar e replicar de forma inteligente o conteúdo através de uma rede ampla dos servidores distribuídos, tecnologia que passaria a resolver o que estava se tornando um problema frustrante para os usuários da Internet.

Construindo um negócio

Em 1997, o Dr. Leighton e o Sr. Lewin começaram a explorar os possíveis usos comerciais da tecnologia. Juntamente com Preetish Nijhawan (um aluno da MIT Sloan School) eles entrassem em um concurso de empreendedorismo anual estimado em US$ 50.000 no MIT em setembro desse ano. Ao longo dos 9 meses da competição, a equipe de US$ 50.000 cresceu substancialmente e seu plano de negócios foi selecionado como um dos seis finalistas entre 100 inscritos. A distinção indicou que a entrega de conteúdo da Internet tinha um grande mercado em potencial e, em 20 de agosto de 1998, o Dr. Leighton e o Sr. Lewin incorporaram a Akamai, com Jonathan Seelig (um aluno da Sloan School) e Randall Kaplan se unindo à equipe fundadora. A Akamai obteve uma licença exclusiva de certa propriedade intelectual do MIT e os esforços de desenvolvimento começaram no outono de 1998. A maioria dos primeiros funcionários da empresa era formada por alunos que trabalharam no projeto pelo MIT.

No final de 1998 e no início de 1999, experientes profissionais de negócios de Internet uniram à equipe. Mais notavelmente, Paul Sagan, ex-presidente da Time Inc. New Media, fundador do serviço de modem de cabo Road Runner e que ajudou a lançar a NY 1 News, tornou-se diretor operacional e, eventualmente, presidente da Akamai (depois atuando como CEO, de 2005 a 2013). George Conrades, ex-presidente e diretor executivo da BBN Corp. e vice-presidente sênior de Operações dos Estados Unidos da IBM, assumiu a direção como o primeiro presidente e CEO da Akamai em abril de 1999.

Lançamento do serviço comercial

A empresa cresceu rapidamente e entregou seu primeiro tráfego em tempo real (um pixel profundamente enterrado no site da Disney) em fevereiro de 1999. Em março, a Akamai ganhou uma significativa exposição de mercado ao possibilitar a entrega da March Madness para a ESPN e um trailer de Guerra nas Estrelas para o Entertainment Tonight, ambos os quais estavam experimentando níveis históricos de demanda dos usuários. A Akamai lançou seu serviço comercial em abril de 1999 e anunciou que uma das propriedades da Web com maior tráfego do mundo, o Yahoo!, era um cliente contratado.