Cambridge, MA |

Akamai Technologies (NASDAQ: AKAM), a plataforma de borda inteligente para proteger e entregar experiências digitais, anuncia hoje que a empresa firmou um acordo para adquirir a Exceda, sua maior parceira de canal na América Latina.

"A Akamai e a Exceda compartilham a visão de que há uma crescente demanda dos clientes pelos serviços de Rede de entrega de conteúdo e de segurança em nuvem da Akamai na América Latina", disse Rick McConnell, presidente e gerente geral da divisão de Web da Akamai. "Hoje, a Akamai capacita muitos dos principais websites de varejo e grandes bancos da América Latina na região e oferece com segurança os principais eventos on-line para as emissoras regionais. Ao combinar as equipes da Akamai e da Exceda, acreditamos que podemos expandir nossos negócios na América Latina mais rapidamente, capacitar melhor os parceiros existentes e novos e melhorar as experiências de mais clientes."

A Exceda se tornou uma parceira de canal da Akamai em 2002 e rapidamente se destacou como a maior parceira da Akamai na América Latina. A Exceda vende o portfólio completo de produtos da Akamai, e seu sucesso é evidência da crescente demanda por investimentos em infraestrutura de nuvem, bem como serviços de desempenho na Web e segurança na região.

A Exceda opera em sete países da América Latina, com escritórios na Argentina, no Brasil, no Chile e no México, e, durante toda a sua atuação, concentrou-se quase exclusivamente na venda de soluções da Akamai. Seus negócios são um complemento natural para a Akamai, e a combinação das duas empresas, incluindo a equipe experiente da Exceda, deve formar uma base ainda mais forte para acelerar o crescimento e dar sustentação a outros parceiros da Akamai na região.

“Estamos ansiosos para aproveitar nossa expertise e conhecimento relacionados à Akamai para entregar resultados superiores aos nossos clientes. Também recebemos a oportunidade de trabalhar com a ampla gama de parceiros da Akamai para aumentar os negócios da empresa na América Latina", disse Claudio Baumann, CEO da Exceda.

Espera-se que a transação exclusivamente em dinheiro seja encerrada no quarto trimestre de 2019. A Akamai espera que a aquisição da Exceda adicione aproximadamente US$ 2 milhões de receita em 2019, e US$ 15 milhões em 2020. Além disso, espera-se que a aquisição seja de US$ 0,01 a 0,02 acretivo em 2020*. Não se espera que a aquisição afete a meta previamente estabelecida da Akamai de atingir uma margem operacional não GAAP de 30% até 2020. Conforme descrito abaixo, a Akamai não é capaz, sem esforços excessivos, de fornecer orientação sobre o impacto da aquisição planejada nos ganhos GAAP por ação sobre a margem operacional, em grande parte porque não é capaz de calcular o valor dos ativos intangíveis adquiridos e a amortização resultante neste momento.

Sobre a Akamai

A Akamai protege e entrega experiências digitais para as maiores empresas do mundo. A plataforma de borda inteligente da Akamai cerca tudo, da empresa à nuvem, para que os clientes e seus negócios possam ser rápidos, inteligentes e protegidos. As principais marcas mundiais contam com a Akamai para ajudá-las a alcançar a vantagem competitiva por meio de soluções ágeis que estendem a potência de suas arquiteturas multinuvem. A Akamai mantém as decisões, as aplicações e as experiências mais próximas dos usuários, e os ataques e ameaças cada vez mais distantes. O portfólio de soluções de segurança de borda, desempenho na Web e em dispositivos móveis, acesso corporativo e entrega de vídeo da Akamai conta com um excepcional atendimento ao cliente, análise e monitoramento 24 horas por dia, 7 dias por semana, durante o ano inteiro. Para saber por que as principais marcas mundiais confiam na Akamai, visite www.akamai.com, blogs.akamai.com, ou @Akamai no Twitter.

# # #

*Uso de medidas financeiras não GAAP

As medidas financeiras prospectivas fornecidas neste comunicado não foram elaboradas de acordo com os princípios contábeis geralmente aceitos nos Estados Unidos da América (GAAP). A Akamai não pode fornecer orientação prospectiva com relação aos ganhos por ação e aos impactos da margem operacional da aquisição planejada conforme mensurado de acordo com o GAAP ou para conciliar tais valores com as métricas GAAP mais próximas fornecidas sem esforço excessivo por causa da imprevisibilidade dos valores e do momento dos eventos que afetam os itens que excluímos das medidas não GAAP. Por exemplo, a amortização de ativos intangíveis é baseada em avaliações altamente especializadas que são preparadas após o fechamento de uma aquisição, e os custos relacionados à aquisição e reestruturação são afetados pelo momento e pelo tamanho das possíveis futuras ações, que são difíceis de prever. Além disso, a Akamai exclui periodicamente alguns itens que ocorrem com pouca frequência, que também são inerentemente difíceis de prever e estimar. Também é difícil prever o efeito fiscal dos itens que excluímos e estimar determinados itens de impostos discretos, como a resolução de auditorias fiscais ou alterações nas leis tributárias. Dessa forma, os custos que estão sendo excluídos das projeções não GAAP são difíceis de prever, e uma reconciliação ou uma série de resultados pode levar a uma divulgação imprecisa ou possivelmente enganosa. Alterações materiais em qualquer uma das exclusões podem ter um efeito significativo em nossa orientação e nos resultados futuros do GAAP.

A gerência usa a medida não GAAP refletida neste comunicado, bem como medidas financeiras do GAAP e outras métricas não GAAP, para entender e comparar resultados operacionais em períodos contábeis, para tomada de decisões financeiras e operacionais, para fins de planejamento e previsão, para medir a remuneração executiva e para avaliar o desempenho financeiro da Akamai. As medidas financeiras não GAAP usadas neste comunicado são margem operacional não GAAP e lucro líquido não GAAP por ação.

A gerência acredita que essas medidas financeiras não GAAP refletem os negócios atuais da Akamai de maneira a permitir comparações e análises significativas de tendências nos negócios, já que facilitam a comparação de resultados financeiros entre períodos contábeis e de empresas semelhantes. A gerência também acredita que essas medidas financeiras não GAAP permitem que os investidores avaliem os resultados operacionais e as perspectivas futuras da Akamai da mesma maneira que a gerência. Essas medidas financeiras não GAAP podem excluir despesas e ganhos de natureza incomum, pouco frequentes ou não condizentes com os resultados operacionais contínuos da Akamai.

As medidas financeiras não GAAP não substituem a apresentação dos resultados financeiros de GAAP da Akamai e devem ser usadas apenas como um complemento e não como substituto dos resultados financeiros da Akamai apresentados de acordo com o GAAP. A Akamai forneceu uma reconciliação de cada medida financeira não GAAP usada em seus relatórios financeiros e apresentações de investidores para a medida financeira GAAP mais diretamente comparável. Essa reconciliação, chamada "Reconciliação de medidas financeiras GAAP para medidas não-GAAP", está disponível na seção Relações com Investidores do website da Akamai.

As definições de medidas não GAAP da Akamai usadas neste comunicado à imprensa estão descritas abaixo:

Receita não GAAP das operações: a receita GAAP de operações ajustada por estes itens: amortização de ativos intangíveis adquiridos; compensação baseada em ações; amortização de remuneração baseada em ações capitalizada; amortização de despesas de juros capitalizadas; custos relacionados à aquisição; encargos de reestruturação; ganhos e perdas em liquidações legais; custos de prestadores de serviços profissionais relacionados a um assunto de acionistas não rotineiro; custos incorridos relacionados com o estabelecimento de uma dotação para a Akamai Foundation; custos de transformação; e outros itens não recorrentes ou incomuns que podem surgir periodicamente.

Margem operacional não GAAP: a receita não GAAP das operações declarada como uma porcentagem da receita.

Receita líquida não GAAP: receita líquida GAAP ajustada para estes itens tributados: amortização de ativos intangíveis adquiridos; compensação baseada em ações; amortização de remuneração baseada em ações capitalizada; custos relacionados à aquisição; encargos de reestruturação; ganhos e perdas em liquidações legais; custos de prestadores de serviços profissionais relacionados a um assunto de acionistas não rotineiro; custos incorridos relacionados com o estabelecimento de uma dotação para a Akamai Foundation; custos de transformação; amortização de desconto de dívidas e custos de emissão; amortização de despesas de juros capitalizadas; certos ganhos e perdas em investimentos; e outros itens não recorrentes ou incomuns que possam surgir periodicamente .

Receita líquida não GAAP por ação: receita líquida não GAAP dividida pela média ponderada básica ou ações ordinárias diluídas em circulação. As ações ponderadas básicas em aberto são aquelas usadas nos cálculos de receita líquido GAAP por ação. A média ponderada diluída das ações em circulação é ajustada pelos cálculos não GAAP das ações que seriam entregues à Akamai de acordo com a operação de transação de cobertura de risco relacionada à emissão de $1.150 milhões de notas seniores conversíveis com vencimento em 2025. De acordo com o GAAP, as ações entregues sob transações de cobertura de risco não são consideradas como compensação de ações no cálculo da ação totalmente diluída até que elas sejam entregues. No entanto, a empresa receberia um benefício da transação de cobertura de risco de notas e não permitiria que a diluição ocorresse. Dessa forma, a gerência acredita que o ajuste para esse benefício traz uma visão significativa do desempenho operacional. Com relação às notas seniores conversíveis com vencimento em 2025, a menos que e até que o preço médio ponderado da ação da Akamai seja superior a $95,10 (o preço de conversão inicial), não haverá diferença entre as ações ordinárias ponderadas diluídas GAAP e não GAAP em circulação.

Os ajustes não GAAP e a base da Akamai para excluí-los de medidas financeiras não GAAP estão descritos abaixo:

  • Amortização de ativos intangíveis adquiridos: a Akamai sofreu amortização de ativos intangíveis, incluídos em suas demonstrações contábeis do GAAP, relacionadas a várias aquisições feitas pela Akamai. O valor do preço de compra de uma aquisição alocado aos ativos intangíveis e o prazo de sua amortização relacionada podem variar significativamente e são exclusivos para cada aquisição. Dessa forma, a Akamai exclui a amortização de ativos intangíveis adquiridos de suas medidas financeiras não GAAP para fornecer aos investidores uma base consistente para comparar os resultados operacionais antes e depois da aquisição.
  • Remuneração com base em ações e amortização de remuneração com base em ações capitalizadas: embora a remuneração com base em ações seja um aspecto importante da remuneração paga aos funcionários da Akamai, o valor justo da data da concessão varia com base no preço da ação no momento da concessão, nas metodologias de avaliação variáveis, nas suposições subjetivas e na variedade de tipos de prêmios. Isso dificulta a interpretação da comparação dos resultados financeiros atuais da Akamai com períodos anteriores e futuros. Por isso, a Akamai acredita que é útil excluir a remuneração com base em ações e a amortização da remuneração com base em ações capitalizadas de suas medidas financeiras não GAAP para destacar o desempenho dos principais negócios da Akamai e ser consistente com a maneira como muitos investidores avaliam seu desempenho e comparar seus resultados operacionais com empresas semelhantes.
  • Custos relacionados à aquisição: os custos relacionados à aquisição incluem taxas de transação, honorários de consultoria, custos de conformidade e outros custos diretos associados a atividades estratégicas. Além disso, os ajustes subsequentes aos montantes iniciais estimados pela Akamai de contraprestação contingente e indenização associada a aquisições específicas estão incluídos nos custos relacionados à aquisição. Esses valores são afetados pelo momento e pelo tamanho das aquisições. A Akamai exclui os custos relacionados à aquisição de suas medidas financeiras não GAAP para fornecer uma comparação útil dos resultados operacionais da Akamai com períodos anteriores e com empresas semelhantes porque esses valores variam significativamente com base na magnitude das transações de aquisição e não refletem as principais operações da Akamai.
  • Encargos de reestruturação: a Akamai incorreu em encargos de reestruturação que estão incluídos em seus demonstrativos financeiros do GAAP, principalmente relacionados a reduções da força de trabalho e custos estimados dos compromissos de aluguel de instalações existentes. A Akamai exclui esses itens de suas medidas financeiras não GAAP ao avaliar seu desempenho comercial contínuo, já que esses itens variam significativamente com base na magnitude da ação de reestruturação e não refletem as despesas operacionais futuras esperadas. Além disso, esses encargos não fornecem necessariamente uma visão significativa dos fundamentos das operações atuais ou passadas de seus negócios.
  • Amortização de desconto de dívidas e custos de emissão e amortização de despesas de juros capitalizadas: em maio de 2018, a Akamai emitiu $1.150 milhões em notas seniores conversíveis com vencimento em 2025, a uma taxa de juros de cupom de 0,125%. Em fevereiro de 2014, a Akamai emitiu $690 milhões de notas seniores conversíveis com vencimento em 2019, a uma taxa de juros de cupom de 0%. As taxas de juros atribuídas dessas notas seniores conversíveis foram de 4,26% e 3,20%, respectivamente. Isso é um resultado dos descontos da dívida registrados para os recursos de conversão que devem ser contabilizados separadamente como patrimônio segundo o GAAP, reduzindo, assim, o valor contábil dos instrumentos de dívida conversíveis. Os descontos da dívida são amortizados como despesa de juros junto com os custos de emissão da dívida. As despesas de juros excluídas dos resultados não GAAP da Akamai são formadas por esses componentes não monetários e excluídas da avaliação da gerência do desempenho operacional da empresa, porque a gerência acredita que a despesa não monetária não é representativa do desempenho operacional contínuo.
  • Ganhos e perdas em investimentos: a Akamai registrou ganhos e perdas em alienação, alterações no valor justo e perdas em certos investimentos. A Akamai acredita que excluir esses valores de suas medidas financeiras não GAAP é útil para os investidores, já que os tipos de eventos que dão origem a eles não são representativos das principais operações de negócios da Akamai e do desempenho operacional contínuo.
  • Custos legais e de acionistas: a Akamai incorreu em perdas relacionadas à liquidação de questões legais, custos de prestadores de serviços profissionais relacionados a um assunto de acionistas não rotineiros e custos com relação à sua investigação interna da Lei de Práticas de Corrupção no Exterior ("FCPA") dos EUA. A Akamai acredita que excluir esses valores de suas medidas financeiras não GAAP é útil para os investidores, já que os tipos de eventos que dão origem a eles não são representativos das principais operações de negócios da Akamai.
  • Doação da Akamai Foundation: durante o segundo trimestre de 2018, a Akamai incorreu em uma cobrança para doar a Akamai Foundation. A Akamai acredita que excluir esses valores de medidas financeiras não GAAP é útil para os investidores, já que essa despesa única não é representativa de suas principais operações de negócios.
  • Custos de transformação: a Akamai incorreu em honorários de serviços profissionais associados a programas internos de transformação destinados a melhorar suas margens operacionais e que são parte de um programa planejado destinado a mudar significativamente a maneira como os negócios são conduzidos. A Akamai acredita que excluir esses valores de suas medidas financeiras não GAAP é útil para os investidores, já que os tipos de eventos e atividades que dão origem a eles ocorrem com pouca frequência e não são representativos das principais operações de negócios da Akamai e do desempenho operacional contínuo.
  • Efeito do imposto de renda dos ajustes não GAAP e certos itens fiscais discretos: os ajustes não GAAP descritos acima são informados antes da aplicação de impostos. O efeito do imposto de renda dos ajustes não GAAP é a diferença entre despesa GAAP e não GAAP com imposto de renda. A despesa não GAAP com imposto de renda é computada em receita não GAAP antes do imposto (receita GAAP antes dos impostos adequada para ajustes não GAAP) e exclui itens tributários discretos (como registro ou liberação de provisões de avaliação), se houver. A Akamai acredita que a aplicação dos ajustes não GAAP e seu efeito relacionado ao imposto de renda permite que a Akamai destaque as receitas atribuíveis às suas principais operações.

O comunicado contém informações sobre expectativas futuras, planos e perspectivas da gerência da Akamai que constituem declarações prospectivas para fins de provisões de "porto seguro" da Lei de Reforma de Litígio de Títulos Privados de 1995, incluindo declarações sobre os lucros e outros benefícios esperados pela Akamai advindos da aquisição. Os resultados reais podem diferir materialmente daqueles indicados nestas declarações prospectivas como resultado de diversos fatores importantes, incluindo, mas não se limitando a, incapacidade de encerrar a transação rapidamente ou de forma alguma, incapacidade de integrar com sucesso os funcionários da Exceda, incapacidade de alcançar os resultados financeiros esperados após o fechamento e outros fatores discutidos no Relatório anual da empresa no Formulário 10-K, nos relatórios trimestrais no Formulário 10-Q e em outros documentos apresentados periodicamente à SEC.