Blog

O setor de jogos abre caminho

Written by

Jonathan Singer

September 17, 2021

O setor de jogos produz as experiências de entretenimento mais avançadas, conectadas e personalizáveis do planeta.

Parada completa.

Atualmente com 200 bilhões de dólares por ano e crescendo, o setor de jogos cresceu de um início humilde na década de 1930 (durante o qual jogos como Baffle Ball e pinball eram considerados uma forma degenerada de lazer que levaria os jovens a uma vida de pecado) em um fenômeno global massivo amplamente visto como o salvador da sanidade dos pais durante uma pandemia global.

Mas os jogos são mais do que apenas diversão. E o setor é mais do que apenas um conjunto querido de investimentos financeiros que prosperou durante uma pandemia. O setor de jogos foi pioneiro em tecnologias e modelos interativos (e continuará sendo) que seriam usados não apenas para videogames em si, mas para vídeomúsicaesportesexercícios físicosmedicinatreinamento industrial, e muito mais. Como esta grande variedade de tecnologias continua a convergir em um panorama social/tecnológico conectado (o metaverso), está claro que os videogames são um dos principais impulsionadores do setor, preparando o caminho para o futuro.

Não se pode falar sobre jogos hoje sem falar da Epic Games. Criadores do Unreal Engine e do gigante internacional Fortnite, a Epic deixou sua marca em todo o mundo de várias maneiras. Em maio de 2020, Fortnite ostentava 350 milhões de jogadores ativos mensais, que juntos jogaram um total de 3,2 bilhões de horas apenas no mês de abril. Por meio do Fortnite, a Epic não só revolucionou uma forma popular de jogo (battle royale), mas também alavancou seu jogo para mudar outros setores. O setor da música, por exemplo, nunca será a mesmo.

Nos últimos dois anos, o Fornite foi palco de shows cada vez maiores e complexos. Em abril de 2020, o show astronômico  de Travis Scott no Fortnite, com 5 exibições em 3 dias, atraiu 45,8 milhões de participantes ao vivo (27,7 milhões de jogadores únicos). Para saber mais sobre como este show abalou o setor, leia este excelente artigo detalhado da revista Billboard. Essa colaboração levou diretamente ao espetáculo deste ano, atraindo a superestrela internacional Ariana Grande. E isso é apenas o começo.

A música não é o único setor influenciado pelo Fortnite e pela Epic Games. O Unreal Engine impulsiona não apenas muitos dos videogames mais populares do mundo, mas também cada vez mais as indústrias de cinema e televisão. Sabe os belos cenários do The Mandalorian? O Unreal Engine foi uma tecnologia-chave lá. 

E além do entretenimento está o futuro de como nos conetamos. Ouvi o CEO da Epic, Tim Sweeney, falar no encontro de 2020 (Design, Innovate, Communicate, Entertain) da D.I.C.E. (infelizmente, minha última viagem antes da pandemia), e ele chamou o Fortnite de uma das maiores plataformas de mídia social do planeta. Ele tem razão. A Epic é um forte competidor na corrida para fornecer tecnologias fundamentais para o metaverso e não devemos esperar que esta viagem em particular acabe tão cedo.

Nenhuma discussão sobre metaverso e jogos durante a pandemia seria completa sem falar sobre Roblox. Embora as crianças e os pais estivessem (e estão? Mais ou menos? Sei lá!) presos em casa com uma pandemia que assola o mundo todo, o Roblox estava lá como um centro social, criativo e educacional para crianças e adolescentes. O Roblox pode estar fazendo movimentos semelhantes aos da Epic Games no reino da música (Lil Nas X sendo um ponto principal), mas onde o Roblox realmente avançou no setor foi em termos de conteúdo gerado pelo usuário (UGC). Embora certamente não seja o primeiro a incluir UGC (muitos jogos, é claro, focam especificamente em UGC), o Roblox construiu uma economia e um negócio com base nisso. As estimativas apontam para a existência de cerca de 520 mil a 40 milhões de jogos publicados no Roblox. Parece um tanto amplo? É mesmo. Mas independentemente do número correto, o Roblox certamente não carece de usuários interessados em fazer jogos e isso lhes dá uma excelente oportunidade. Quer alguém consiga fazer um jogo de qualidade ou não, ficar rico ou não, qualquer um pode tentar a sorte em design de jogos e isso, por si só, está levando mais crianças no caminho do engajamento STEM.

Da mesma forma que nenhuma discussão sobre o setor de jogos durante a pandemia seria completa sem falar sobre a Epic e o Roblox, nenhuma discussão sobre o futuro do entretenimento online seria completa sem falar sobre a Riot Games e seu League of Legends (LoL). Embora a Riot não tenha inventado os esportes eletrônicos, certamente foi um dos pioneiros do gênero multiplayer de arena de batalha online e é inegavelmente uma das histórias de esportes eletrônicos internacionais de maior sucesso. A Riot lançou o Lol World Championship em 2011 e tem executado consistentemente esta enorme série de eventos globais durante uma década. Em 2020, o campeonato atraiu 139 milhões de horas de audiência e 3,8 milhões de espetadores em seu auge. O LoL World Championship foi um dos primeiros grandes eventos de jogos a entrar no mercado e demonstrar que assistir a videogames era uma coisa normal e aceitável de se fazer. Agora, em 2021, o LoL atualmente desfruta de uma base de jogadores ativos mensalmente de aproximadamente 115 milhões de jogadores. Além de seus avanços de uma perspectiva puramente esportiva, a Riot projetou seu próprio backbone de internet (Riot Direct) para melhor desempenho de jogo e experiência do cliente. A força deste backbone permitiu que Riot lançasse com sucesso o Valorant em 2020, apesar do tráfego massivo criado por pandemia.

Essas são apenas algumas empresas notáveis em um setor extremamente criativo e tecnicamente bem-sucedido, com o impulso e a vontade de mudar a maneira como as pessoas consomem entretenimento. E existem pouquíssimas indústrias tecnológicas modernas que não trazem alguma marca dos jogos. À medida que as tecnologias modernas continuam a convergir para o metaverso, os videogames continuarão abrindo o caminho para o futuro. O que vem por aí para o setor... e para o mundo? Vamos descobrir em breve e, enquanto isso, há jogos para enfrentar.

Leia mais sobre o que a Akamai ajuda a tornar possível no setor de jogos.



Written by

Jonathan Singer

September 17, 2021