IPv6

The Internet is undergoing a fundamental architectural change as its core network layer protocol, Internet Protocol version 4 (IPv4), is replaced by Internet Protocol version 6 (IPv6). This change is necessary to support the continued growth of the Internet.

A necessidade de transição

A era de endereços IPv4 disponíveis livremente chegou ao final conforme registros de Internet Regional passaram a atribuir seus últimos poucos endereços IPv4 restantes. Muitas das maiores redes de banda larga e móvel do mundo estão ativamente implementando conectividade IPv6 em seus usuários finais, com IPv4 herdado em um caminho a ser cada vez mais canalizado por meio de Carrier-Grade NATs (CGNATs). Disponibilizar conteúdo da Web, sites e aplicações de duas camadas no IPv6 e IPv4 se tornará algo cada vez mais importante. Com planejamento inteligente, o processo de atualização não precisa ser complicado ou ter interrupções. No entanto, negócios habilitados pela Web precisam ter cuidado ao implantar tecnologias de transição IPv6 para alcançar seus públicos em uma Internet IPv4/IPv6 híbrida ao mesmo tempo em que mantêm desempenho, confiabilidade e segurança.

A Akamai está comprometida em ajudar os clientes com uma transição tranquila para IPv6

Com a Akamai, os sites dos clientes podem aproveitar o alto desempenho e entrega de IPv4+IPv6 de duas camadas altamente disponível sem a necessidade de alterações significativas na infraestrutura de rede original. O suporte de entrega do IPv6 está incluso em vários produtos Akamai, tornando a entrega de IPv6 tão fácil quanto ativar um botão de configuração (nos casos em que o IPv6 já não esteja habilitado por padrão). Para o cliente típico, o único pré-requisito principal antes de ativar o IPv6 é garantir que em todos os casos em que os endereços IP sejam tratados como dados (como para registro, rastreamento e reputação) os endereços IPv6 sejam administrados da maneira apropriada.

Esgotamento IPv4

A cada trimestre, a Akamai analisa os dados disponíveis publicamente coletados por Geoff Huston, cientista-chefe da APNIC, para fornecer uma perspectiva sobre o tamanho do pool de endereços IPv4 disponível em cada um dos RIRs (Regional Internet Registrations, Registros Regionais de Internet) e como os tamanhos dos pools disponíveis diminuíram ao longo do tempo. Essa análise é publicada no Relatório State of the Internet da Akamai.  Além de rastrear o esgotamento do IPv4, o relatório usa os dados fornecidos pelos RIRs individuais para destacar a atividade de delegação do espaço de endereços IPv4 em cada região ao longo do trimestre. As figuras abaixo mostram as constatações do relatório mais recente. Para obter mais detalhes, recomendamos baixar o relatório mais recente.

O tamanho dos pools de endereços IPv4 disponíveis em cada RIR mudou durante o quarto trimestre de 2015, com base nos dados disponibilizados pela ANIC
A Figura 2 ilustra como o tamanho dos pools de endereços IPv4 disponíveis em cada RIR mudou durante o quarto trimestre de 2015 com base nos dados disponibilizados pela APNIC.

Atividade de atribuição/alocação de IPv4 em cada um dos RIRs durante o quarto trimestre de 2015
A Figura 3 ilustra a atividade de atribuição/alocação de IPv4 em cada um dos RIRs durante o quarto trimestre de 2015.