Application Performance Monitoring

A importância de maximizar o desempenho de aplicações essenciais

À medida que as empresas continuam a explorar nuvens públicas e privadas para entregar software empresarial a bases de usuários globais, o monitoramento do desempenho de aplicações e a melhoria do desempenho se tornam desafios em larga escala. Desde o alinhamento das demandas de processamento de aplicações com a plataforma certa até a garantia de que os usuários finais desfrutem de um desempenho rápido e da máxima disponibilidade, as organizações devem implantar estratégias eficazes de gerenciamento de desempenho de aplicações para controlar custos, garantir que as métricas de desempenho de linha de base sejam atendidas, e entregar experiências de usuário positivas, que ajudarão a incentivar a adoção das aplicações.

Além dos cinco pilares

O gerenciamento tradicional de desempenho de aplicações pode ser descrito como tendo cinco componentes principais. Eles incluem:

  1. Monitorar e classificar a experiência do usuário final
  2. Medir o desempenho de todos os elementos de software e hardware relacionados ao desempenho da aplicação
  3. Criação de perfis de transações definidas pelo usuário à medida que elas se movem pelo hardware e software que compõem a plataforma de entrega de aplicações
  4. Avaliar as demandas de recursos de hardware e software que compõem a plataforma
  5. Analisar os dados compilados nas outras quatro categorias para descobrir padrões, identificar áreas de preocupação e priorizar medidas de ação para otimizar o desempenho de aplicações

Novas estratégias exigem novas abordagens

Além dos cinco pilares, o gerenciamento tradicional de desempenho de aplicações pode ser descrito como tendo cinco componentes principais.

Como a Akamai aborda o gerenciamento de desempenho de aplicações

A Akamai vê o gerenciamento de desempenho de aplicações como um desafio multiforme que exige uma solução holística. Fornecemos gerenciamento de desempenho de aplicações como parte de nossa solução Ion, que vai além dos níveis típicos de infraestrutura de entrega de aplicações de banco de dados, aplicações e Web para lidar com o que chamamos de “o 4º nível”, que se estende do nível da infraestrutura da Web, fora da origem e pela Internet.

Essa abordagem foi projetada para fornecer uma imagem clara de cada elemento do desempenho das aplicações na nuvem, bem como inteligência acionável em tempo quase real para otimizar o desempenho. Saiba mais sobre a solução Ion, o serviço de gerenciamento de aplicações da Akamai.